sexta-feira, 29 de agosto de 2008

COXINHAS DE JACA



Antes de serem fritas.


Depois de fritas e muito crocantes.


Recheio de jaca verde, delicioso, não tem gosto, cheiro ou aspecto de jaca. E o mais importante, é totalmente sem morte ou exploração de outros animais. Viva e deixe viver. ;)


Massa:

3 tabletes de caldo de legumes
3 colheres (sopa) de óleo
1 litro de água
3 colheres (sopa) de fubá
500g de farinha de trigo

Modo de preparo:

Misture a farinha de trigo com fubá e reserve.
Leve ao fogo a água, o caldo e o óleo até ferver, despeje de uma vez a farinha misturada com o fubá. Mexa até desprender da panela. Deixe esfriar coberta com plástico para não criar crosta na massa.

Fonte: Cyber Cook

Para empanar:

2 colheres cheias de amido de milho
1/2 xícara de água ou leite de soja (gelada)
farinha de rosca

Recheio de jaca verde:

2 cebolas grandes
3 dentes medios de alho
azeite
1 pitada de curry
+ ou - 300gr de jaca verde cozida e desfiada
cheiro verde
1 colher de sopa de molho de tomate para dar cor
4 Azeitonas picadinhas (usei a do tipo verde)

Jaca verde e o recheio:
Corte em pedaços grandes, retire a casca e as sementes. coloque em um panela com água fervente e uma pitada de sal. A água tem que cobrir a jaca, e deixe cozinhar em fogo alto por + ou - 12 min. Retire do fogo e desfie e corte bem pequeno.
Refogue-a com os outros ingredientes.

Fonte: Programa Bem Família Band. - postada na comunidade Receitas vegans/vegetarianas pela Carla.

OBS: Ter cuidado na hora de descascar a jaca porque onde ela cai, gruda! Só saiu com óleo de cozinha. Tem passar o óleo nas mãos e nos utensílios e esfregar e só depois passar o detergente.

Eu achei muito legal fazer essa receita, porque é uma coisa diferente e como eu sou muito curiosa tive que provar o sabor disso. ;) Aprovadíssima. Fica muito gostosa.

A receita da massa é uma que tem aqui mesmo na comunidade, de massa para salgados em geral. Mas confesso que tive um pouco de dificuldade pra modelar as coxinhas com essa massa. O sabor e a textura dela são ótimos, e eu fiz essa porque já tinha feito risoles com ela e deu super certo, mas com as coxinhas ficou meio difícil pra modelar bonitinho. Não sei se é porque eu nunca tinha feito formato de coxinhas na minha vida... ;)

Bom apetite sem mortes e exploração de outros seres. :)

6 comentários:

Iane disse...

Torrei a paciência do meu noivo para conseguir a jaca...cozinhei, desfiei, mas faz mais de mês que ela tá na no meu congelador. Nem sei se ainda presta. Fiquei meio receosa de fazer a receita. Fica boa mesmo? Não tem nenhum gosto esquisito? Gosto muito do teu blog! Abraços.

The Master Cuca disse...

Oi Lane, fica bom sim. O mais trabalhoso vc já fez! huahauhua è só temperar como gosta e fazer um molho.
Obrigada pela visita! ;)
Abraço.

Mizuca disse...

Já comi essa coxinha de jaca quando fui acampar em Nova Gokula, simplesmente é maravilhosa, o recheio ficou divino, quando soube que era feito de jaca, não acreditei. Queria muito fazer essa receita, mas dá trabalho, quem sabe não me animo depois do blog.

Elis teles disse...

Olá!
parabéns pelo blog, ando sempre por aqui. A jaca não era um mistério na minha vida. Já havia experimentado em outras ocasiões. Essa semana preparei uma jaca e a usei em 3 pratos: um risoto, um strogonof e por fim, a sua receita de coxinha. Deu muitooo certo, todos aqui em casa adoraram. Procurei a câmera para fotografar mas estava sem pilhas. Eu nunca tinha feito coxinha na minha vida, essa receita deu muito certo pessoal, podem testar!!! um abraço!
Elis.

Eliana disse...

Oi, a jaca deve ser pequena (ainda verde). Pode ser colocada diretamente em uma panela de pressão e coze-la na pressão. Isso ajuda a não ficar colando muito nos utensílios. Depois de cozida, corte-a (a faca deve ser passada no óleo de cozinha), desfie-a e proceda conforme já ensinado.
Esse é um processo que facilita um pouco o preparo.

Parabéns por ensinar-nos como nos alimentar melhor.

Eliana disse...

Oi, a jaca deve ser pequena (ainda verde). Pode ser colocada diretamente em uma panela de pressão e coze-la na pressão. Isso ajuda a não ficar colando muito nos utensílios. Depois de cozida, corte-a (a faca deve ser passada no óleo de cozinha), desfie-a e proceda conforme já ensinado.
Esse é um processo que facilita um pouco o preparo.

Parabéns por ensinar-nos como nos alimentar melhor.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...